terça-feira, 9 de junho de 2009

O gasto calórico das danças!


O gasto calórico das danças

O excesso de gordura corporal é uma das principais preocupações das pessoas que buscam atividades físicas, entretanto muito mais por questões estéticas do que pelos riscos que essa condição traz à saúde.

A obesidade é uma doença multifatorial, ou seja, não tem uma causa única e isolada. Cerca de 95% dos casos estão intimamente ligados a fatores pertinentes ao estilo de vida. Assim, alterações comportamentais no que diz respeito aos hábitos alimentares e a prática de exercícios físicos, ou pelo menos um incremento na atividade física diária, podem ser bastante úteis na prevenção e no tratamento dessa doença.

Na escolha da atividade física a ser executada, a dança ganha, cada vez mais, lugar de destaque frente a outras atividades como esportes coletivos, ginásticas e até musculação. Dançar é uma atividade aeróbia, e de acordo com os tipos de movimentos executados, pode ser de baixa ou alta intensidade. O gasto calórico resultante de cada tipo de dança se deve também ao período e freqüência com que a atividade é executada.

Além da comprovada queima de calorias proporcionada por esta opção, a dança tem figurado em primeiro lugar no ranking de atividades preferidas, pois é uma das poucas que proporcionam prazer. A conseqüência mais importante disso é a verdadeira aderência a um novo estilo de vida. Ou seja, o indivíduo aguarda com prazer os resultados, que só aparecem depois de certo tempo. Observa-se, porém, um grande número de desistentes em outras modalidades físicas devido a rotina e ao desprazer que proporcionam.

Soma-se a isso outros diversos benefícios psicológicos como o aumento da auto-estima e redução do estresse, e sociais como estímulo ao convívio social e ampliação do círculo de amizades.

Mas entre os diversos tipos de dança, qual será a mais indicada para aqueles que estão interessados em perder alguns quilinhos extras? O gasto energético de cada estilo de dança pode ser estimado de acordo com cálculos que consideram os tipos e intensidades dos movimentos executados. Sendo assim, compare as calorias gastas para as diferentes modalidades praticadas num período de uma hora e escolha a melhor maneira de ficar em forma.


Tipo de dança Gasto calórico
Dança livre 328,50 kcal
Lambaeróbica 379,60 kcal
Dança de Salão 401,50 kcal
Ballet 438 kcal
Samba no pé 584 kcal
Salsa 511 kcal


Tatiane Duarte – Nutricionista e Dançarina – Contato: tatianeduarte@overdance.net

Um comentário:

Marcelo Ralacoco disse...

Falta informações uteis: qual éo gasto em Forró, Coco de umbigada, frevo...